UAB - Forum

Conversas sobre o Livro de Urântia
 
InícioInício  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar

Compartilhe | 
 

 O Homem Pós-Príncipe Planetário

Ir em baixo 
AutorMensagem
César Diniz



Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/08/2010

MensagemAssunto: O Homem Pós-Príncipe Planetário   6/8/2010, 14:39


Citação :
2. O Homem Pós-Príncipe Planetário

As raças são purificadas e elevadas a um alto estado de perfeição física e vigor intelectual, antes do fim dessa era. O desenvolvimento inicial de um mundo normal é muito ajudado pelo plano de promover um aumento do número de tipos mais elevados de mortais, com um decréscimo proporcional dos inferiores. E o fracasso dos vossos povos iniciais em discernir entre esses tipos foi o que acarretou a presença de tantos indivíduos defeituosos e degenerados entre as raças atuais de Urântia.

(592.3) 52:2.10 Uma das grandes realizações da idade do Príncipe é a restrição da multiplicação dos indivíduos mentalmente deficientes e socialmente mal adaptados. Muito antes dos tempos da chegada dos Adãos, os segundos Filhos, a maior parte dos mundos dedica-se seriamente à tarefa de purificação da raça, algo que os povos de Urântia ainda nem sequer tentaram fazer a sério.

Eu destaquei essas duas partes em negrito, pq achei muito perigoso. Podem causar uma má interpretação e incentivar ou resgatar conceitos recentes de uma raça pura, tal qual Hitler ignobilmente tentou introduzir.

Não gostei da forma como foi abordado, muito menos do comentário infeliz! A humanidade já sofreu demais por conta da descriminação. Ademais a ciência está aí para melhorar a vida das pessoas e ajudá-las cada vez mais na inserção social.
Estamos aprendendo a duras penas a engajar a população em favor do coletivo, de modo que todos, sem exceção, possam ter acesso à informação, alimentação, saúde, educação, habitação, trabalho e dignidade. E a única forma de se chegar a esse ponto é mobilizar a sociedade como um todo para que todos efetivamente possam ser integrantes de uma sociedade mais justa e igualitária.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
César Diniz



Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/08/2010

MensagemAssunto: Re: O Homem Pós-Príncipe Planetário   6/8/2010, 15:08

Citação :
Essa questão do aperfeiçoamento racial não é uma tarefa tão prolongada, se enfrentada nessa época inicial da evolução humana. O período precedente, de lutas tribais e severa competição para a sobrevivência racial, eliminou a maior parte das linhagens anormais e deficientes. Um idiota não tem muita chance de sobrevivência em uma organização social tribal primitiva e em guerra. É um sentimentalismo falso das vossas civilizações, parcialmente perfeccionadas, o de fomentar, proteger e perpetuar as linhagens irremediavelmente defeituosas dentre as raças evolucionárias humanas.

É isso o que nos difere dos animais!!!

Citação :
(592.5) 52:2.12 Não é ternura nem altruísmo oferecer uma compaixão fútil, a seres humanos degenerados e inferiores, a mortais anormais e sem salvação. Mesmo nos mais normais dos mundos evolucionários, existem diferenças suficientes entre os indivíduos e os inúmeros grupos sociais; diferenças que permitem o pleno exercício de todos esses traços nobres de sentimento altruísta e não-egoísta de ministração mortal, mas sem perpetuar as linhagens desajustadas sociais e moralmente degeneradas da humanidade evolucionária. Há oportunidades abundantes para o exercício e a função da tolerância e do altruísmo, em defesa dos indivíduos desafortunados e necessitados que não hajam perdido, irremediavelmente, sua herança moral, nem destruído para sempre o seu patrimônio espiritual trazido do berço.

Isso vai contra os ensinamentos de meu Pai! Jesus pregou justamente o contrário e está neste mesmo livro. Que decepção!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
murilo87s



Mensagens : 9
Data de inscrição : 30/07/2010

MensagemAssunto: Concordo em parte   8/8/2010, 13:57

Olá, fico feliz que você tenha postado este topico. Comentei em um parecido antes.
Eu acredito que o livro de urantia é um livro bem factual em sua linha de pensamento e ao mesmo tempo curto e grosso. O que é dito acima por você salientado é a questao de o planeta passar por fases de desenvolvimento e ao mesmo tempo pessoas em níveis diferentes de consciencia co-exisistirem. Nós evoluimos como todo ser vivo e tudo é relativo. Assim sendo, o livro diz, como o próprio Jesus segundo o livro disse ao seu seguidor hindu filho de um comerciante hindu o qual passou 1 ano ao lado do mestre, quando abordou um cidadao que nao tinha jeito segundo jesus. O mestre ao abordar o rapaz em uns poucos momentos entendeu-o e assim sendo, continuou seu caminho e nao teceu um comentario ou fez um gesto creio eu que respeitando-o. Veja bem, quem segue uma linha de pensamento ao mais puro olho por olho e dente por dente fatalmente deve arcar com as consequencias, ou seja, deixa que a natureza marca! O que o livro diz e este exemplo que eu comentei nada mais é que o entendimento de quem está ou nao preparado para ouvir algumas coisas que na minha opiniao sao boas e agir com AMOR, respeitando aquela pessoa e deixando ser pois dificilmente há o que ser feito e como o mestre sempre visa o bem maior, neste tempo que só deus sabe, ele ajudou muito mais pessoas que estavam preparadas para a verdade e que precisavam dele. Nao foi nenhum tipo de ódio ou desprezo, foi um fato e ele usou da inteligencia. Para mim, não há fé sem inteligencia, eu acredito muito nisto, é um dos elementos fundamentais para que a vida siga o seu flow...
Eu gostaria de lembrar que o livro de urantia nao faz apologia a nenhum tipo de violencia e que a questao de adao e eva era mais um upgrade genetico e eles nao podiam se misturar com outras raças até atingir uma prole de 1milhao de descendetes para dai entao ir para o mundao afora!
Desejo muita felicidade pra todo mundo e ACREDITEM COM JESUS e lembrem-se do que ele disse, nós nao somos bons ! DEUS É ! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
César Diniz



Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/08/2010

MensagemAssunto: Re: O Homem Pós-Príncipe Planetário   9/8/2010, 17:08


Murilo,

eu me lembro desta passagem a que você se referiu. Segue:

Citação :
(1440.4) 130:8.4 Por fim chegaram a Nápoles e sentiram que não estavam longe do seu destino, Roma. Gonod tinha muitos negócios para cuidar em Nápoles e, à parte o período em que Jesus foi requisitado como intérprete, ele e Ganid passaram o seu tempo de lazer visitando e explorando a cidade. Ganid estava tornando-se um adepto de distinguir aqueles que pareciam necessitar de ajuda. Encontraram muita pobreza nessa cidade e distribuíram muitas esmolas. Mas Ganid nunca entendeu o significado das palavras de Jesus quando, após ter dado uma moeda a um pedinte de rua, recusou-se a parar e falar com ele para confortá-lo.

Disse Jesus: “Por que gastar palavras com quem não pode perceber o sentido daquilo que tu vais dizer?

O espírito do Pai não pode ensinar e salvar àquele que não tem capacidade de ser filho Seu”. O que Jesus quis dizer é que aquele homem não tinha uma mente normal; que lhe faltava a capacidade de corresponder à condução espiritual.

Mesmo assim Jesus deu esmola a ele. Ajudou no que podia. São situações diferentes.

Citação :
É um sentimentalismo falso das vossas civilizações, parcialmente perfeccionadas, o de fomentar, proteger e perpetuar as linhagens irremediavelmente defeituosas dentre as raças evolucionárias humanas.

Qual é pai que não protegerá um filho? Jesus instituiu a caridade como a conhecemos. Ele nos ensinou como os proteger. Há uma incoerência muito grande neste texto. Não me agradou.

O problema do texto acima a que me referi, citando Hitler, é o sentido de ainda termos que buscar a raça pura.

Citação :
a maior parte dos mundos dedica-se seriamente à tarefa de purificação da raça, algo que os povos de Urântia ainda nem sequer tentaram fazer a sério.

Aqui ele diz que ainda devemos tentar! Isso é que eu acho perigoso. A ciência está evoluindo tanto. As pesquisas com células tronco etc. Podemos corrigir essas e outras anomalias, sem pregarmos esse conceito de purificação das raças. Torno a repetir, é muito perigoso.

Entendo perfeitamente que essa era a função de Adão e Eva. Concordo, mas uma vez fracassado, há de se encontrar outra saída. Tempo é o que não nos falta.

Eu fiquei decepcionado sim, mas continuo lendo o livro e compreendendo muita coisa. Só acho importante discutirmos e esclarecermos alguns pontos, para que nenhum “louco” se inspire nestas palavras.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jire

avatar

Mensagens : 3
Data de inscrição : 18/05/2009
Idade : 56
Localização : Campo Grande - MS

MensagemAssunto: Re: O Homem Pós-Príncipe Planetário   10/3/2011, 16:16

Esquecendo-se um pouco da situação histórica, o que realmente percebo no livro não é um incentivo ao conflito racial, e sim um aperfeiçoamento e elevação pura e simples de cada raça (inicio da civilização), até o ponto culminante de miscigenação total de todas as raças (era de luz e vida). E o que eles falam sobre purificação, tem a ver com minimizar e até zerar as lamentáveis deficiências fisicas e/ou mentais que ocorrem com muita frequência em todas as raças, devido a essa falta de purificação, que naturalmente a humanidade faria, se não houvesse os problemas da rebelião e falha adâmica, e que alteraram profundamente o seu trajeto e seu status.
Luz e Paz a todos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Homem Pós-Príncipe Planetário   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Homem Pós-Príncipe Planetário
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» virou moda: crucificar homem
» A alma do homem é eterna???
» José Luis de Jesus Miranda - Se diz Jesus Cristo homem.
» (AFA) Homem-Bala
» Quando Deus criou o homem já existia o macaco... (Evolução e Criação)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
UAB - Forum :: Perguntas sobre :: Parte 3-
Ir para: