UAB - Forum

Conversas sobre o Livro de Urântia
 
InícioInício  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar

Compartilhe
 

 A encarnação do verbo

Ir em baixo 
AutorMensagem
Mago
Convidado



A encarnação do verbo Empty
MensagemAssunto: A encarnação do verbo   A encarnação do verbo Empty19/8/2008, 11:21

Caros amigos e irmãos, que haja muita paz e luz em todos os nossos corações.

Na verdade estou postando essas menságens por conta de muitas visões e e andanças por mundos diversos, ou dimensões, inclusive por outras dimensões escuras, além das outras, de luz e, o que tem me chamando atenção é exatamente essa dimensão escura, onde residem prospectos e seres embasados nos engendros advindos da mente inferior e do intelecto inferior e isso não é muito fácil de se compreender, seria necessário ir para esse locais e comprovar como eu o faço e com isso ver e sentir os registros vivos do Pai de Eterna Bondade, cujos registros chamam-nos aquí, de Registros Ahkássicos, para mim tudo é bastante razoável e lógico, até que se ponha esses nomes a essas dimensões, isso em nada altera, nem a sistemática de estudos dos operadores divinos, nem, nem a a essência do que na verdade são. Essas malhas existencias são cópias exclusivas, de registros vivos do Pasi de Eterna Bondade e que assim é que se controla, com gavidade e com supergravidade tudo o que ha e que ainda haverá.

Pois bem, a encarnação do verbo, não pode ser compreendida com meros estribos nem mente iferior, nem no intelcto inferior haja vista que a personalidade não participa desses projetos e engendros, por outro lado, quando se centra e se foca os atos e atitudes do dia a dia, segundo, após segundo, minutos após minutos e hora após hora, enfim, dia após dia, com real continuidade de propósito nas coisas de Pai de Eterna Bondade. Assim mediante os trabalhos e engendros suportados e estribados pela mente superior e pelo intelecto superior, com a devida chancela da personalidade, conferindo assim atividade e sedimentação de matéria moroncial ao ser em questão que está se trabalhando, se pode compreender e entender o que vem a ser "Verbo Encarnado" e, isso não precisa de que se creia, para que seja assim, não precisa de ´que alguém acredite ou dê crédito nas coisas do Pai, elas são por sí sí e, o encarne do verbo também é assim; pois quando participamos dessas atividades passamos a ser aceitos na comunidade da luz e, juntamente com infinitos irmãos maiores, nas infinitas esferas eivadas de vida e de luz, participamos da adimistração, mesmo que indireta e dos ordenamentos divinos, onde obrigatoriamente temos de quebrar à mistica, como entendida pelos homens e nos assemelhar, por baixo, com os seres de luz ou anjos que nos acessoram nesses trabalhos.

Mais uma vez, a encarnação do verbo, não é motivo de crença, não depende de que esse ou aquele acredite para seja real e verdadeiro, por outro observa-se que, obrigatoriamente a encarnação do verbo comela em cada ser quando ele rompe o elo de escuridão que o separa de Deus, fazendo que a mente inferior e o intelecto inferior, ambos conferidos com a rebelião de outrora, de Lucifer e a traição de Caligástia etc...serja suprimido definitivamente da nossa esfera existencial, restando apenas os prospectos para estudo e manuseio de atividades defensivas, no sentido de que tudo seja destruído para posterior liberação de energia ao ente criado............Finaliza para posterior continuidade
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mago
Convidado



A encarnação do verbo Empty
MensagemAssunto: Encarnação do Verbo. cont.....   A encarnação do verbo Empty19/8/2008, 11:56

Pois bem sendo essas energias liberadas com a destruição dos prospectos de baixa vibração, cada ser, vai aos poucos centrando seus focos na mente superior e no intelecto superior, ao passo que a personalidade vai tomando vulto e forma e cada vez mais o ser em questão vai ganhando mais e mais créditos diante do Pai de Eterna Bondade e de seus adminstradores. Os circuitos do Pai aos quais nós estamos devidamente integrados com essas três esferas superior do conhecimento e de seus atributosd que se ramificam, em caminhos e circuitos superior de três ramificações em cada setor, nos proporciona variáveis explêndidas de possibilidades de acensão junto às coisas do pai. Isso só acontece mediante a encarnação do verbo, quando o ser humano ja sabe discernir entre as bases existenciais superiores e inferiores, no entanto é bom saber que, as duas bases inferores de existencia só nos confere saber paralelo e competidor com o pai, ao passo que, com isso nos afastamos, mais e mais até a futura destruição e morte segunda. Dessa jamais, alguém escaparia, caso manifeste a vontade maior de seguir única e exclusivamente seus trabalhos nos valores e emblemas materiais, no sentido, inclusive de fortalescer a dimensão escura onde habitam os prospectos degenerados e egoicos de baixa vibração e, inclusive hoje em dia alguns ja tomam forma tridimensional, ou quase isso, pois quem trabalha com afinco nesses sistemas informacionais do Pai, sabe disso e que é a pura verdade.

Caros irmãos, muita paz e luz em todos os nossos corações.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A encarnação do verbo
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Caso genitivo ou Contração verbo Is ?
» Análise sintática

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
UAB - Forum :: Perguntas sobre :: Parte 2-
Ir para: